O Patinho Feio, o Gato Desgrenhado e as Galinhas Vesgas do Mundo caem na estrada!

No mês de novembro é a vez da nossa bicharada cair na estrada! Nosso espetáculo O Patinho Feio, o Gato Desgrenhado e as Galinhas Vesgas do Mundo apresenta-se em dois eventos, em dois estados diferentes.

A primeira parada é o 45º FENATA – Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa, PR. No dia 09 de novembro, a Téspis apresenta-se no Cine Teatro PAX, fazendo parte da programação da mostra de teatro para crianças. O Festival, que é um dos mais tradicionais do país, acontece de 06 a 16 de novembro de invade a cidade com várias mostras e apresentações, atingindo grande público e sendo uma grande ação de formação de platéia na cidade.

No dia 25 (sábado), é a vez de nossos bichos chegarem à Florianópolis, desta vez dentro da programação da Maratona Cultural. Evento multicultural que promove na ilha uma série de apresentações artísticas durante dois dias, em vários espaços da cidade.

Ambos os eventos tem entrada gratuita. Informe-se em cada cidade e venha assistir nosso trabalho.

foto by Diego MIranda

Sobre o trabalho:

Téspis Cia. de Teatro apresenta um espetáculo dedicado às crianças, numa versão inédita do conto consagrado “O Patinho Feio”. A releitura é intitulada “O Patinho Feio, o Gato Desgrenhado e as Galinhas Vesgas do Mundo” e explora de forma criativa e lúdica o potencial de significados que a história original apresenta.

Indicado para um público mirim com idade a partir de 03 anos, o trabalho apresenta uma encenação que dialogam com a criança contemporânea. “Criamos um espetáculo que aposta na capacidade dos espectadores em construir, a partir das sugestões dadas pela encenação, sua própria versão da história e dos personagens”, comenta o diretor do espetáculo, Max Reinert. Buscando escapar das versões clássicas, os atores trabalham com jogos de improvisação, elementos cenográficos, ambientação sonora e linguagem corporal.

Além de aguçar a imaginação dos pequenos, a peça traz um tema atual: as diferenças entre os seres e principalmente como lidar com elas. A ideia desta nova montagem nasceu da necessidade de dar continuidade ao processo criativo da companhia iniciado com a peça “Um, Dois, Três: Alice!” (inspirado em “Alice no País das Maravilhas“, de Lewis Carroll), estreado em 2013; onde o ponto de partida se encontra na releitura de textos clássicos.

foto by Diego Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *